Veja o que é a taxa ou cota condominial e entenda como é calculada

por | nov 19, 2018 | Financeiro

A cota condominial é uma das partes mais importantes na administração do condomínio. Sem ela, não há como gerenciar um condomínio de forma correta e tranquila. Em virtude disso, montamos este artigo para esclarecer as principais dúvidas dos síndicos sobre cota e taxa condominial. Confira:

Qual é a diferença entre taxa e cota condominial?

Apesar de possuírem nomes distintos, cota condominial é a mesma coisa que taxa condominial. Ambos os termos têm como definição o rateio das despesas do condomínio.
Sendo assim, o condomínio cobra a cota condominial de cada unidade com o intuito de cobrir as despesas mensais da edificação, como:

Desse modo, a cota condominial é essencial para a gestão e o bom funcionamento do condomínio. Na sua ausência, não há como manter um empreendimento funcionando adequadamente.
Por sua vez, a obrigação do pagamento de cotas condominiais é garantida pelo Art. 1.336 do Código Civil. O inciso I define que é dever do condômino contribuir para as despesas da administração.
A divisão da cota condominial é feita a partir da fração ideal das unidades ou através de divisão igualitária dos valores. No entanto, esse rateio da cota condominial pode ser feito de forma diferenciada caso a convenção do condomínio estipular.

Quais são as cotas condominiais?

Em suma, existem dois tipos de cotas condominiais. A seguir, entenda quais são as suas particularidades:
Taxa condominial: Taxa ordinária
Compõem as cotas condominiais ordinárias todos os custos referentes às necessidades básicas da administração do condomínio. Como por exemplo:

  • Consumo de água, gás, luz e esgoto nas áreas comuns;
  • Salários, encargos e contribuições previdenciárias dos funcionários do condomínio;
  • Manutenção e conservação das instalações e equipamentos hidráulicos, elétricos e mecânicos de uso comum;
  • Equipamentos de prevenção contra incêndios;
  • Manutenção das áreas comuns de lazer, como piscina ou academia;
  • Pequenos reparos nas instalações elétricas e hidráulicas de uso coletivo;
  • Rateio de saldo devedor durante o período da locação do imóvel;
  • Reposição do fundo de reserva do condomínio utilizando durante o período da locação.

Segundo a Lei 8.245/91, mais conhecida como Lei do Inquilinato, as cotas condominiais ordinárias devem ser pagas pelo locatário.
Taxa condominial: Taxa extraordinária
Já a taxa condominial extraordinária compreende todas os gastos não rotineiros de manutenção da edificação. São elas:

  • Obras de reforma que alteram a estrutura integral do imóvel;
  • Pinturas das fachadas;
  • Instalação de iluminação na área do condomínio;
  • Indenizações trabalhistas e previdenciárias pela dispensa de empregados do condomínio, desde que ocorram antes do início da locação;
  • Instalação de equipamento de segurança, contra incêndio, telefone ou de lazer;
  • Despesas com decoração e paisagismo;
  • Constituição do fundo de reserva.

Consequentemente, as taxas condominiais extraordinárias devem ser pagas pelo proprietário do imóvel. Essa questão também é determinada pela Lei do Inquilinato.

Cota condominial: despesas exclusivas

As despesas exclusivas são todos os valores relacionados a gastos e manutenções feitas em ambientes de propriedade privada. Por exemplo: reformas realizadas dentro de uma unidade do condomínio ou custos devidos à vazamentos entre apartamentos causada por problemas na rede horizontal de água.
Assim sendo, despesas exclusivas não fazem parte das cotas condominiais e, portanto, não devem ser pagas pelo condomínio e nem pelos demais condôminos. As cotas condominiais cobrem apenas as despesas coletivas, como as citadas anteriormente.
Cota condominial: orçamento e prestação de contas
O valor da cota condominial é definido com a aprovação em assembleia geral. Da mesma forma, toda e qualquer alteração nos preços deve passar por votação pelos condôminos. Se os condôminos acreditam que a taxa condominial é abusiva, é preciso convocar uma assembleia para debater o tema. Para isso, deve-se fazer um abaixo-assinado com a assinatura de ¼ dos condôminos.
No geral, as mudanças no orçamento são feitas junto com a prestação de contas. Ela é obrigatória e conforme determina o Art. 1348 do Código Civil, deve ser realizada ao menos uma vez por ano e é um dos deveres do síndico.
Cota condominial: inadimplentes
O condômino que não pagar ou fazer o pagamento da taxa condominial em atraso deverá arcar com multas e juros determinados pelo novo Código Civil. Por outro lado, a legislação permite que cada condomínio desenvolva suas próprias penalidades. Por causa disso, é fundamental conferir o que determina a convenção condominial.
Em casos de inadimplência, o Código Civil sugere que seja cobrado uma multa de 2% + juros de 1% ao mês e mais a correção pela inflação do período atrasado. Tudo isso além do valor das cotas condominiais não pagas, é claro.
O inquilino que não arcar com as despesas condominiais poderá ser despejado da unidade. Da mesma forma, o condomínio pode entrar com uma ação de cobrança judicial de condomínio contra o condômino inadimplente. Conforme o novo Código Civil, a cota condominial é considerada de natureza de título executivo extrajudicial. Isso significa que um juíz pode determinar que o débito seja pago em até três dias.
Em uma situação de venda de imóvel inadimplente, o condomínio pode mover uma ação judicial contra o promissário vendedor ou comprador, dependendo do contrato de compra e venda.
Leia também:
Taxa do condomínio: como calcular?
O que é fração ideal? Saiba como calcular de maneira rápida e prática
Dívida de condomínio prescreve? Entenda como funciona

Calcule corretamente o valor da cota condominial usando a nossa Calculadora de Taxa Condominial Gratuita!

Relacionados

Taxa condominial: o que é e como investir

As responsabilidades de um síndico são muitas, ainda mais quando falamos...

Organizando as contas do condomínio

Veja as dicas da SocialCondo para você organizar a papelada e facilitar o...

Conta pool é legal? Veja os riscos de optar por este modelo de conta

A conta pool tem sido adotada por algumas administradoras como uma forma...

Dívida de condomínio prescreve? Confira o que a legislação fala sobre este assunto

Viver em um condomínio traz inúmeras vantagens, como segurança, áreas de...

8 dicas para reduzir os custos em condomínio e economizar

Confira as 8 dicas para ajudar na redução de custos em condomínios,...

Taxa de Condomínio e Inadimplência: 5 dicas úteis

Moradores inadimplentes fazem parte da realidade em condomínio, e,...

O passo a passo definitivo para calcular juros de condomínio atrasado e como lidar com isso

Quando se trata de lidar com as finanças de um condomínio, uma das...

Conta pool: o que é e quais são as vantagens?

Muitos síndicos penam na hora de lidar com a gestão financeira do...

Saiba como o Débito Direto Autorizado moderniza a gestão financeira

As administradoras de condomínio têm como papel auxiliar nas demandas...

Auditoria em condomínios: prevenção contra fraudes

Condomínios lidam com muito dinheiro. Para você ter uma ideia, apenas na...

Previsão orçamentária de condomínio: o que é e como fazer?

Faz parte do trabalho do síndico realizar uma boa previsão orçamentária...

Justiça de Joinville suspende cobranças abusivas de taxas condominiais vencidas

A gestão de um condomínio requer atenção a diversos detalhes, e a...

5 dicas simples para o controle financeiro de condomínios

A gestão de um condomínio pode ser comparada a gestão empresarial já que,...

Auditoria em condomínio: entenda como fazer e evite fraudes

Todo mundo sabe que condomínios movimentam muito dinheiro. No meio de...

Fração Ideal: o que é e como calcular de maneira simples

Todos os meses é cobrada uma taxa de condomínio. Em suma, essa taxa serve...

Até quanto o condomínio pode cobrar pelo atraso no pagamento das taxas condominiais?

Como resolver uma cobrança abusiva de juros no condomínio? Até quanto o...

Como criar uma planilha de prestação de contas do condomínio? Veja e baixe um modelo gratuito

Se você é síndico, sabe o quanto é desafiador fazer uma prestação de...

6 dicas para diminuir os custos do condomínio

É quase unânime o número de pessoas que buscam reduzir gastos. Ainda mais...

Veja como o Documento de Arrecadação da Receita facilita o cumprimento das obrigações fiscais

Mesmo não sendo uma empresa, o condomínio possui obrigações fiscais que...

Como calcular a taxa de condomínio? Veja a resposta e baixe uma calculadora gratuita

Você sabe como é definida a taxa do condomínio? Essa é uma dúvida comum...

Contador para condomínio: obrigatório ou opcional? Entenda!

Contabilidade é um dos temas da gestão condominial que mais causa dor de...

Organizando as contas do condomínio

Veja as dicas da SocialCondo para você organizar a papelada e facilitar o...

Taxa condominial: o que é e como investir

As responsabilidades de um síndico são muitas, ainda mais quando falamos...

Auditoria em condomínio: entenda como fazer e evite fraudes

Todo mundo sabe que condomínios movimentam muito dinheiro. No meio de...

Novidades no TownSq: novo recurso para gestão da inadimplência do condomínio

Faça a gestão de acordos e acesse a situação da inadimplência do...

Como economizar energia elétrica e reduzir as despesas de condomínio

A energia elétrica constitui em uma das maiores despesas de condomínio, e...

O passo a passo para você criar e analisar o balancete mensal do seu condomínio

O balancete de condomínio é um documento contábil, no qual consta um...

Taxa Condominial: As 5 Formas de Diminuir

A taxa condominial é um dever permanente para quem mora em condomínio, e...

Até quanto o condomínio pode cobrar pelo atraso no pagamento das taxas condominiais?

Como resolver uma cobrança abusiva de juros no condomínio? Até quanto o...

Taxa Condominial: As 5 Formas de Diminuir

A taxa condominial é um dever permanente para quem mora em condomínio, e...

Prestação de Contas em condomínio: tudo que você precisa saber!

Transparência e bom convívio são importantes em qualquer ambiente. Porém,...

Justiça de Joinville suspende cobranças abusivas de taxas condominiais vencidas

A gestão de um condomínio requer atenção a diversos detalhes, e a...

Demonstrativo de receitas e despesas de condomínio: o que é e como fazer

É dever do síndico acompanhar a movimentação financeira da conta bancária...

É possível utilizar o dinheiro do condomínio para fazer investimentos?

Se você é síndico de um condomínio, provavelmente já ouviu falar do fundo...

A verdade que ninguém nunca contou aos síndicos sobre as taxas da administradora

Saiba toda a verdade por trás da taxa de administração cobrada pelas...

Contabilidade de condomínio: entenda como fazer e quem é o responsável

Manter a contabilidade de condomínio em dia é uma das questões...

Depósito em juízo em condomínio: o que é e como funciona?

Discussões e brigas por causa de dinheiro são um mal recorrente na vida...

O que acontece se eu não pagar o condomínio? Veja quais são todas as consequências

Entre as principais dúvidas de condôminos e inquilinos, esta se destaca:...

Régua de cobrança para condomínios: confira o passo a passo completo para implementar no seu condomínio

A régua de cobrança para condomínios é uma ferramenta que permite tornar...

Como gerar boletos para condomínios?

Quando o tema é emissão e pagamento de boletos bancários, uma série de...

Guia completo para uma conciliação bancária eficiente no seu condomínio: o passo a passo definitivo

Administrar as finanças de um condomínio requer uma abordagem precisa e...

Taxa de Condomínio e Inadimplência: 5 dicas úteis

Moradores inadimplentes fazem parte da realidade em condomínio, e,...

Auditoria em condomínio: entenda como fazer e evite fraudes

Todo mundo sabe que condomínios movimentam muito dinheiro. No meio de...

Como criar uma planilha de prestação de contas do condomínio? Veja e baixe um modelo gratuito

Se você é síndico, sabe o quanto é desafiador fazer uma prestação de...

8 dicas para reduzir os custos em condomínio e economizar

Confira as 8 dicas para ajudar na redução de custos em condomínios,...

Demonstrativo de receitas e despesas de condomínio: o que é e como fazer

É dever do síndico acompanhar a movimentação financeira da conta bancária...

Auditoria em condomínios: prevenção contra fraudes

Condomínios lidam com muito dinheiro. Para você ter uma ideia, apenas na...

Veja como o Documento de Arrecadação da Receita facilita o cumprimento das obrigações fiscais

Mesmo não sendo uma empresa, o condomínio possui obrigações fiscais que...

Carta aberta a síndicos e administradoras de todo o Brasil

Caro leitor, Eu comecei a trabalhar com condomínios em 2010. De lá pra...

Como gerar boletos para condomínios?

Quando o tema é emissão e pagamento de boletos bancários, uma série de...

Régua de cobrança para condomínios: confira o passo a passo completo para implementar no seu condomínio

A régua de cobrança para condomínios é uma ferramenta que permite tornar...

8 dicas para reduzir os custos em condomínio e economizar

Confira as 8 dicas para ajudar na redução de custos em condomínios,...

Conta digital para condomínios: entenda o que é, principais vantagens e como abrir

A tecnologia beneficia a gestão de condomínios de diversas formas, e isso...

Demonstração de Resultado do Exercício garante uma gestão financeira eficiente

Fazer com que as despesas e receitas do condomínio fiquem equilibradas...

Como fazer acordo de dívida de condomínio? Veja as principais orientações neste artigo

Você sabe como fazer acordo de dívida de condomínio? Se a resposta for...

Recomendados para Você

2 Comentários

  1. Alan

    Bom dia.
    Eu entendi sobre a cobrança da taxa do condomínio. Porém aqui, na descriminação tem valor maior escrito cota condominial ex(288)e a luz, água, gás (congas) fundo de reserva são cobrados mensalmente de acordo com o gasto naquele mês, ou seja a cota condominial é fixa, mas esse consinveis são variados mensalmente, então o correto quando há reajuste anual do condomínio, não é reajustar apenas a base da cota que seria 288, pois quando há aumento de consumo ou a concessionária do serviço aumenta água gás e etc nos já pagamos esse reajuste individualmente. Porque acho errado reajustar o valor todo somado, se os consinveis a gente já paga com variação de consumo.

    Responder
  2. Alan

    Bom dia.
    Eu entendi sobre a cobrança da taxa do condomínio. Porém aqui, na descriminação tem valor maior escrito cota condominial ex(288)e a luz, água, gás (congas) fundo de reserva são cobrados mensalmente de acordo com o gasto naquele mês, ou seja a cota condominial é fixa, mas esse consinveis são variados mensalmente, então o correto quando há reajuste anual do condomínio, não é reajustar apenas a base da cota que seria 288, pois quando há aumento de consumo ou a concessionária do serviço aumenta água gás e etc nos já pagamos esse reajuste individualmente. Porque acho errado reajustar o valor todo somado, se os consinveis a gente já paga com variação de consumo

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *