Guia completo da prospecção de condomínios: veja como fechar contratos como ninguém

por | mar 21, 2022 | Síndicos

A prospecção de condomínios é o processo de buscar clientes em potencial para os seus serviços de síndico profissional. O objetivo é criar um relacionamento com esses clientes em potencial até que eles se tornem clientes reais, ou seja, geradores de receita. Entenda mais a seguir!

Se você começou a atuar como síndico profissional agora ou decidiu expandir a sua carteira de clientes, provavelmente viu um grande desafio nesse caminho: a prospecção de condomínios.

Muita gente ainda acredita que apenas o famoso “boca a boca” é suficiente, mas acaba se frustrando ao perceber que não está conseguindo atrair tantos clientes quanto gostaria.

Por outro lado, alguns síndicos já tentaram de tudo para conseguir o primeiro ou mais condomínios e parece que nada funciona corretamente.

Você se identifica com alguns destes casos? Então, continue lendo e veja o passo a passo para prospectar condomínio e fechar contratos como ninguém.

Como prospectar condomínios? Veja o passo a passo

#01: Defina o seu público ideal

Você pode colocar uma pasta debaixo do braço e, à moda antiga, bater na porta de cada condomínio do seu bairro até encontrar um que tenha interesse em ouvir o que você tem a dizer e (talvez) contratar os seus serviços.

No entanto, você vai perceber que existem diversos tipos de condomínios diferentes. Existem os comerciais, os verticais e os horizontais, por exemplo, além daqueles com características mais específicas, como os condomínios de praia, os luxuosos, os mais simples e por aí vai.

E ainda tem mais. Existem condomínios que preferem contratar síndicos profissionais, enquanto outros priorizam eleger síndicos moradores.

Provavelmente seguindo a lógica de atirar para todo lado, você demoraria muito mais tempo para prospectar um condomínio. Então, por onde começar?

Para dar início à sua prospecção, reserve um tempo para descobrir quem é o seu cliente ideal. Em outras palavras: com qual tipo de condomínio você deseja trabalhar?

Não presuma que só porque existem muitos condomínios comerciais na sua região, por exemplo, ele se encaixa no seu perfil de cliente ideal.

Para defini-lo, você precisa saber:

  • quais são os seus pontos fortes e habilidades que você tem;
  • como está o mercado e a demanda por síndicos nos condomínios;
  • quais são os tipos de condomínios que existem e em quais deles você gostaria de trabalhar;
  • qual a classe social e a localização dos condomínios onde você deseja atuar;
  • e qual o tamanho do condomínio ideal para você prestar os seus serviços.

Tenha a resposta para todos esses tópicos e pense sobre eles com calma, até encontrar o perfil ideal de condomínio que se encaixa na sua forma de trabalho.

Depois de finalizar essa primeira etapa, você terá um perfil desenhado e poderá usá-lo para guiar os próximos passos da sua prospecção.

#02: Trabalhe bem o seu marketing pessoal

Mas o que tem a ver prospecção de condomínios com marketing pessoal para síndicos? Tudo!

Imagina só definir o seu cliente ideal, preparar a melhor proposta possível para aquele condomínio, treinar a sua fala na frente do espelho e, no final, perder o cliente para alguém que sabe se vender melhor do que você.

É frustrante, certo?

Por isso, o marketing pessoal é uma ferramenta excelente para você se destacar no mercado, atrair atenção para o seu trabalho, mostrar aos condomínios como você aplica as suas habilidades e conquistar a confiança dos condôminos.

Então, defina:

  • a sua missão, visão e valores;
  • esteja presente nas redes sociais;
  • tenha um site bem estruturado;
  • use o google meu negócio;
  • tenha uma identidade visual;
  • emita o seu CNPJ;
  • faça networking com outros síndicos profissionais;
  • mantenha contato constante com os condôminos;
  • conte boas histórias;
  • invista em cursos de síndico profissional;
  • e cuide bem do seu visual.

#03: Defina as suas metas e objetivos

Depois de finalizar os tópicos anteriores, agora é hora de definir quais são as suas metas e objetivos, afinal de contas você não quer trabalhar no escuro, certo?

Portanto, pense sobre estes tópicos:

  • quantos clientes você quer ter na sua carteira em 6 meses? E em 2 anos?
  • quanto você gostaria de faturar por mês?
  • quanto você vai cobrar por cada condomínio? um valor fixo? um valor por unidade?
  • você pretende trabalhar sozinho ou com uma equipe?
  • quais são as vantagens e desvantagens de trabalhar com um time e também sozinho?
  • quantas visitas por semana você pretende fazer em cada condomínio?

Percebe como vai ficando cada vez mais claro? Nós estamos trilhando uma jornada, passo a passo, e mesmo que seja difícil agora pensar sobre cada ponto, ao final você terá um processo de prospecção de condomínios muito simples e será cada vez mais fácil aumentar a sua carteira de clientes.

#04: Defina o que você vai oferecer

Calma, antes de sair procurando os seus clientes, você ainda precisa ter a descrição do seu serviço na ponta da língua.

Então, a pergunta é simples e direta: você consegue resumir o que você oferece como síndico profissional em poucas linhas?

Se você não tem certeza, então comece por:

  • o que você faz e o que não oferece;
  • quais são os serviços que você presta aos condomínios;
  • qual é a descrição do seu trabalho;
  • e, por fim, qual é a sua proposta de valor em uma frase.

Não se engane ao pensar que você apenas oferece “gestão do condomínio”, é preciso ir além e utilizar as suas principais habilidades e experiências para se destacar e sair na frente.

Aproveite para ler também: Quanto cobrar pelo trabalho de síndico profissional? Veja 4 dicas úteis para melhorar a sua precificação

#05: Peça indicações

Se você está começando agora, então conseguir os primeiros clientes para a sua carteira, pode ser uma tarefa exaustiva.

Mas você tem amigos, familiares e até mesmo colegas de trabalho que moram em condomínios. Então, por que não começar por eles?

Pergunte como é a gestão dos seus condomínios atualmente, se estão com algum problema específico ou como é a atuação do síndico.

A resposta para essas perguntas pode ser a porta de entrada para você prospectar os seus primeiros clientes.

E lembre-se: não subestime o poder de uma visita.

Depois de entender quais são os condomínios em potencial, peça uma indicação e faça uma visita estratégica, ou seja:

  • faça perguntas-chave;
  • converse com os condôminos;
  • identifique pontos de melhoria;
  • veja o que os condôminos e o condomínio precisa atualmente;
  • confira se utilizam alguma tecnologia, como um aplicativo para condomínios;
  • existe alguma informação que você possa enviar para eles?
  • e, por fim, procure se informar sobre a próxima eleição do condomínio.

Você não precisa de um discurso de vendas roteirizado e robótico, mas sim de uma preparação para manter o diálogo com os condôminos e saber fazer as perguntas certas para entender as principais necessidades e problemas do condomínio.

#06: Utilize a internet para prospectar

Digamos que você já conseguiu os seus primeiros condomínios por meio da indicação de colegas, amigos, familiares ou clientes mais antigos. Então, como seguir em frente e aumentar a sua carteira?

A internet pode (e deve) ser usada para isso. E existem diversas maneiras, veja:

  • Anúncios online: existe uma maneira de pagar que para que você apareça para as pessoas certas, no seu caso, essas pessoas certas fazem parte do seu perfil de cliente ideal, ou seja, os condomínios. Neste caso, você pode utilizar o Facebook Ads ou Google Ads, por exemplo, para começar;
  • Redes sociais: as redes sociais podem ser usadas para muito mais do que postar as fotos daquela sua viagem. Você pode compartilhar uma foto dos condomínios que você atende, de uma reunião de assembleia ou contar a sua história como síndico profissional. Estas são apenas algumas ideias para você atrair clientes interessados nos seus serviços;
  • E-mails: apesar do que muita gente acredita, os e-mails não estão obsoletos. Se você tiver uma lista de e-mails de condôminos ou pessoas interessadas em serviços de síndico profissional, pode criar uma série de e-mails e enviar dicas, conteúdos ou informações úteis e que mostrem que você é especialista no assunto e um síndico profissional de destaque. Lembre-se que para fazer isso, antes de qualquer coisa, é preciso levar a LGPD em consideração e só enviar e-mails para as pessoas que autorizarem;
  • Vídeos: eu não sei se você já sabia disso, mas pesquisas apontam que 80% do conteúdo consumido pela internet em 2022 será em vídeo. Esta é uma excelente oportunidade para se apresentar, oferecer informações, contar histórias, mostrar as suas habilidades e, é claro, dar o seu melhor discurso de vendas;
  • Conteúdo: seja nas redes sociais ou em um blog, por exemplo, criar conteúdo é uma ótima maneira de mostrar para os condomínios que você realmente sabe o que faz. Você pode escrever artigos sobre problemas comuns em condomínios, pode apresentar as soluções que você ofereceria nessas situações e ainda pode incluir histórias reais do seu trabalho para aumentar a sua autoridade e credibilidade;
  • Site: assim como criar conteúdo aumenta a sua autoridade, um site também pode ser uma ferramenta para aderir valor à sua imagem pessoal, afinal é lá onde você vai falar sobre você, suas certificações, sua história, condomínios atendidos e resultados. É um verdadeiro portfólio do seu trabalho centralizado em um mesmo local.

#07: Torne-se mais do que um síndico profissional

Não entendeu? Eu vou resumir: cuidado para não ficar preso na parte técnica da gestão condominial e esquecer que você ainda é um ser humano, assim como os seus condôminos.

Portanto, você precisa ir além dos assuntos sobre gestão, finanças ou processos condominiais. Também é importante saber muito sobre:

  • relações interpessoais;
  • comunicação;
  • liderança;
  • empatia;
  • automotivação;
  • autocontrole;
  • colaboração;
  • inteligência emocional;
  • criatividade;
  • persuasão;
  • adaptabilidade;
  • resiliência.

Além de melhorar essas habilidades, você também pode mostrar, durante uma prospecção ou nas suas redes sociais, como você as aplica no dia a dia.

As pessoas querem saber se você entrega uma gestão de qualidade e, é claro, isso será um fator decisivo para a contratação dos seus serviços.

#08: Faça bastante networking

Aqui entra um outro elemento chave para garantir uma boa prospecção de condomínios: o networking.

Um bom networking garante que você vai ficar por dentro das novidades do mercado, saber como outros síndicos trabalham, gerar autoridade, conseguir oportunidades de crescimento, conseguir indicações e muito mais.

Em outras palavras: você só tem a ganhar.

Veja algumas maneiras de melhorar o seu networking:

  • participe de eventos para condomínios, síndicos e administradoras;
  • esteja presente no LinkedIn;
  • participe de grupos nas redes sociais, como o Facebook, WhatsApp ou Telegram;
  • seja prestativo e compartilhe o que você sabe, seja nas redes sociais ou em eventos;
  • crie relacionamentos com fornecedores, prestadores de serviços e outros síndicos profissionais.

Esse não é um trabalho simples e que gera resultados da noite para o dia, mas cultivar bons relacionamentos com outras pessoas, pode ajudar você a prospectar novos condomínios com ainda mais rapidez.

#09: Acompanhe, acompanhe, acompanhe

Por fim, lembre-se que os frutos do seu trabalho geralmente não resultam em fechamentos de contratos já no primeiro contato e isso requer um trabalho constante.

Ou seja, persista no relacionamento com condomínios, faça ligações, envie e-mails, encaminhe informações, fortaleça o seu marketing pessoal e não desista.

Enquanto você se mantiver ativo, maiores serão as chances de você prospectar ainda mais condomínios.

Chegamos ao final deste artigo, então se você acredita que estas dicas foram úteis e deseja dar um passo além, então eu te convido a conhecer o E-book A escalada do síndico: 5 dicas para conquistar mais condomínios. Baixe agora e destaque-se no mercado.

Relacionados

Atividades do síndico: como trabalhar melhor e ter mais tempo livre

Administrar um condomínio não é uma tarefa fácil! A vida de síndico é...

Autogestão condominial ou administradora? Diferença, riscos e benefícios

Contratar os serviços de uma administradora não é uma realidade viável...

Síndica Profissional é um mercado para mulheres? Descubra!

Quer investir na carreira de síndica profissional, mas não sabe se vale a...

Como administrar um condomínio: GUIA COMPLETO

Saber como administrar um condomínio é primordial para ser um bom...

Gestão do síndico: Como fazer, Riscos, Prazo e Reeleição

Apesar de cada vez mais pessoas morarem em condomínios, ainda existem...

Destituição de síndico: como fazer? Veja os caminhos legais

Infelizmente, nem sempre a gestão do síndico satisfaz todos os...

Profissão Síndico: como é a rotina do síndico profissional?

Já parou para pensar sobre como é a rotina de um síndico profissional? Se...

O síndico pode tirar férias? Veja como se preparar para o descanso anual

O síndico tira férias? A resposta é sim! Mas antes de comprar as...

Má gestão do síndico: 5 principais erros e como resolvê-los

O que ocasiona a má gestão do síndico? A rotina de um síndico implica em...

Como se tornar um síndico profissional? Tudo o que você precisa saber

O cargo de síndico é uma das funções mais essenciais dentro do...

Má gestão do síndico: 5 principais erros e como resolvê-los

O que ocasiona a má gestão do síndico? A rotina de um síndico implica em...

Você sabe o que o síndico não pode fazer? 9 práticas que são proibidas

Ser síndico do condomínio é uma tarefa séria. Afinal, é um cargo que...

Síndica Profissional é um mercado para mulheres? Descubra!

Quer investir na carreira de síndica profissional, mas não sabe se vale a...

Por que contratar síndico profissional para o seu condomínio

Todo condomínio precisa de um síndico. Isso você já sabe, certo? Mas o...

Como se tornar um síndico profissional? Tudo o que você precisa saber

O cargo de síndico é uma das funções mais essenciais dentro do...

Processo contra síndico: 4 principais ações de indenização

Por ser uma profissão que lida com muito dinheiro e bens privados, é...

Síndico: o que faz e o que não pode fazer? GUIA COMPLETO

Embora seja  um personagem extremamente valioso para a vida em um...

Como administrar um condomínio: GUIA COMPLETO

Saber como administrar um condomínio é primordial para ser um bom...

Guia completo do marketing pessoal para síndicos profissionais (O passo a passo definitivo)

O marketing pessoal para síndicos profissionais é uma estratégia que...

Síndico profissional: o que é, como trabalha e quanto ganha?

Um síndico profissional é um gestor especializado que tem como objetivo...

Que tipo de síndico você é?

Veja em qual dos 7 perfis você se encaixa Amado ou odiado pelos...

Síndico, você sabe lidar com homofobia no condomínio?

Hoje é o Dia Internacional do Orgulho LGBT, uma data muito importante...

Destituição de síndico: como fazer? Veja os caminhos legais

Infelizmente, nem sempre a gestão do síndico satisfaz todos os...

Gestão de condomínio edilício: Quais desafios vou enfrentar?

Aconteceu a reunião de assembleia, rolou a votação e você foi eleito...

O que o síndico precisa saber sobre elevadores?

Um caso recente de queda em Santos-SP trouxe novamente o elevador ao...

Deveres do Síndico: Comunicação em Condomínio

Na gestão de condomínio, faz parte dos deveres do síndico promover a...

Direitos do sindico: entenda o que ele pode e não pode fazer

Um síndico tem que dar conta de todos os problemas do condomínio, como barulhos, garagem, área de lazer, vazamentos, animais e até mesmo desentendimentos entre vizinhos. Ser síndico não é uma tarefa fácil, afinal, ele possui muitas tarefas e precisa desempenhá-las com sabedoria e paciência.

Quer reduzir o tempo de trabalho? Saiba como o síndico Vitor conseguiu

Imagine a seguinte situação: ocorre um problema no elevador do edifício....

Responsabilidade Síndico e Administradora: Entenda as Diferenças

O síndico é o principal responsável pelo condomínio e pelo o que acontece...

Funções de uma administradora de condomínio: veja as principais atribuições

Administração condominial é um assunto que rende muitas dúvidas. Quais as...

Quanto cobrar? Confira nossas dicas sobre precificação

Cobrar um preço justo não é somente bom para o síndico. Significa manter...

Curso de síndico profissional online: como escolher a melhor certificação?

De acordo com a ABRASSP, Associação Brasileira de Síndicos e Condomínios,...

Gestão de condomínio edilício: Quais desafios vou enfrentar?

Aconteceu a reunião de assembleia, rolou a votação e você foi eleito...

Certificação para Síndico: vale a pena?

Não importa se você já atua como síndico, síndico morador ou se...

Lei 14.010: reuniões virtuais de assembleia e extensão do mandato do síndico permitidos

Foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (12 de junho de 2020) a...

Atividades do síndico: como trabalhar melhor e ter mais tempo livre

Administrar um condomínio não é uma tarefa fácil! A vida de síndico é...

Síndico: o que faz e o que não pode fazer? GUIA COMPLETO

Embora seja  um personagem extremamente valioso para a vida em um...

Gestão do síndico: Como fazer, Riscos, Prazo e Reeleição

Apesar de cada vez mais pessoas morarem em condomínios, ainda existem...

Os 20 melhores livros para síndicos que você precisa ler

Descubra quais são os 20 melhores livros para síndicos de todos os tempos...

Síndica Profissional é um mercado para mulheres? Descubra!

Quer investir na carreira de síndica profissional, mas não sabe se vale a...

Gestão de condomínio edilício: Quais desafios vou enfrentar?

Aconteceu a reunião de assembleia, rolou a votação e você foi eleito...

Direitos do sindico: entenda o que ele pode e não pode fazer

Um síndico tem que dar conta de todos os problemas do condomínio, como barulhos, garagem, área de lazer, vazamentos, animais e até mesmo desentendimentos entre vizinhos. Ser síndico não é uma tarefa fácil, afinal, ele possui muitas tarefas e precisa desempenhá-las com sabedoria e paciência.

Marca Pessoal: construa a sua imagem

Você já parou para pensar porque uma marca é mais lembrada do que a...

Má gestão do síndico: 5 principais erros e como resolvê-los

O que ocasiona a má gestão do síndico? A rotina de um síndico implica em...

Síndicas falam sobre o seu espaço no mercado

Assim como nas demais profissões, as mulheres conseguiram conquistar seu...

Síndico profissional: o que é, como trabalha e quanto ganha?

Um síndico profissional é um gestor especializado que tem como objetivo...

Administração de condomínios: tudo o que você precisa saber!

Para gerir um condomínio, é necessário o auxílio de toda uma comunidade....

Gestão do síndico: Como fazer, Riscos, Prazo e Reeleição

Apesar de cada vez mais pessoas morarem em condomínios, ainda existem...

Responsabilidade do síndico: veja as funções e obrigações

Você sabe quais são as responsabilidades do síndico? Além de cuidar do...

Serviços da administradora de condomínios: entenda as atribuições

É comum que muitos condomínios busquem o auxílio na hora de fazer a...

Síndica Profissional é um mercado para mulheres? Descubra!

Quer investir na carreira de síndica profissional, mas não sabe se vale a...

Salário de síndico: como calcular? Lei, tributação e obrigações

➡ Não existe um piso estabelecido para o salário de sindico profissional....

Responsabilidade Síndico e Administradora: Entenda as Diferenças

O síndico é o principal responsável pelo condomínio e pelo o que acontece...

Gestão de condomínio edilício: Quais desafios vou enfrentar?

Aconteceu a reunião de assembleia, rolou a votação e você foi eleito...

Que tipo de síndico você é?

Veja em qual dos 7 perfis você se encaixa Amado ou odiado pelos...

Seguro de condomínio: o que o síndico precisa saber

Seguro condominial é algo que pagamos torcendo para nunca precisar...

Deveres do Síndico: Comunicação em Condomínio

Na gestão de condomínio, faz parte dos deveres do síndico promover a...

Funções de uma administradora de condomínio: veja as principais atribuições

Administração condominial é um assunto que rende muitas dúvidas. Quais as...

Síndico, você sabe lidar com homofobia no condomínio?

Hoje é o Dia Internacional do Orgulho LGBT, uma data muito importante...

Direitos do sindico: entenda o que ele pode e não pode fazer

Um síndico tem que dar conta de todos os problemas do condomínio, como barulhos, garagem, área de lazer, vazamentos, animais e até mesmo desentendimentos entre vizinhos. Ser síndico não é uma tarefa fácil, afinal, ele possui muitas tarefas e precisa desempenhá-las com sabedoria e paciência.

3 Comentários

  1. José Juraci da Silva Lima

    Gostaria de fazer um curso de síndico peço informações.

    Responder
    • Equipe TownSq

      Olá, José. Nós já enviamos o seu e-mail para os nossos consultores e, em breve, entrarão em contato com você para conversar à respeito das nossas certificações e os valores.

      Restando qualquer dúvida, basta deixar o seu comentário por aqui.

      Responder
    • Equipe TownSq

      Olá, José. Tudo bem? O nosso time tentou contato por meio do seu e-mail para informar mais detalhes sobre a nossa certificação para síndicos, mas não tivemos retorno. Você pode nos enviar o seu telefone ou outro e-mail, por favor? Um abraço.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.