As 7 regras de ouro para falar com confiança nas reuniões de assembleia

por | fev 28, 2023 | Síndicos

Falar em público pode ser uma tarefa desafiadora para síndicos, especialmente em situações como reuniões de assembleia, onde as decisões tomadas podem ter grandes impactos.

No entanto, é possível desenvolver habilidades para falar com confiança nessas situações.

Neste post, apresentaremos as 7 regras de ouro para falar com confiança nas reuniões de assembleia, desde a preparação adequada até a utilização de recursos visuais e a postura corporal adequada.

Com essas dicas, você poderá se expressar com clareza e segurança, contribuindo para tomadas de decisões mais eficazes. Continue lendo!

4 erros fatais que síndicos cometem na sua comunicação (sem saber)

Não se preparar com antecedência

Não se preparar com antecedência é um erro comum que muitos síndicos cometem antes de uma reunião de assembleia.

A falta de preparo pode gerar ansiedade, insegurança e falhas na comunicação, o que pode comprometer a compreensão da mensagem e a efetividade da interação.

Além disso, se você sente que os condôminos não entendem o que você faz, talvez falta se preparar melhor antes de cada reunião e aprender a argumentar.

Não adequar a sua linguagem ao público

Cada público possui as suas próprias características, necessidades e expectativas, e é fundamental que o síndico considere esses aspectos ao se comunicar durante uma reunião de assembleia.

Isso significa usar uma linguagem clara e acessível, evitando jargões e termos técnicos desnecessários que possam dificultar a compreensão dos assuntos em discussão.

Além disso, é importante que o síndico esteja aberto às diferentes perspectivas e opiniões presentes na assembleia, e que busque formas de se comunicar que sejam respeitosas e inclusivas.

Isso pode incluir a utilização de exemplos práticos para ilustrar os argumentos, o uso de perguntas para incentivar a participação do público e o estabelecimento de um ambiente acolhedor e colaborativo.

Negligenciar a comunicação não verbal

A comunicação não verbal, que inclui gestos, expressões faciais e postura, pode transmitir mensagens poderosas e influenciar a forma como as pessoas percebem as informações e os argumentos apresentados.

Para melhorar a comunicação durante uma reunião de assembleia, é importante que o síndico esteja atento à sua comunicação não verbal.

Isso inclui manter uma postura confiante, fazer contato visual com o público, usar gestos adequados para enfatizar pontos importantes e adotar uma expressão facial condizente com o conteúdo da mensagem.

Além disso, é importante também estar atento à comunicação não verbal dos condôminos, pois isso pode fornecer pistas sobre os seus sentimentos, opiniões e níveis de engajamento.

Veja este exemplo.

Se um participante estiver com os braços cruzados ou evitando contato visual, isso pode indicar desinteresse ou discordância em relação ao assunto em discussão.

Portanto, ao utilizar a comunicação não verbal de forma adequada, o síndico pode transmitir confiança, credibilidade e empatia, aumentando a eficácia da comunicação e melhorando a qualidade das discussões e decisões tomadas.

Não utilizar as pausas

Muitas vezes, o síndico apresenta as suas explicações de forma contínua e rápida, sem dar tempo para que os moradores absorvam as informações ou reflitam sobre os argumentos apresentados.

Isso pode levar a confusão, falta de clareza e diminuição do engajamento das pessoas.

Para melhorar a comunicação na reunião de assembleia, é importante que o síndico utilize as pausas de forma estratégica.

O que isso significa?

Especialmente, fazer pequenas pausas entre frases ou ideias, para que os condôminos possam assimilar as informações apresentadas e refletir sobre elas.

As pausas também podem ser utilizadas para dar ênfase a pontos importantes ou para permitir que as pessoas possam interagir e apresentar as suas opiniões.

Além disso, é importante que o síndico esteja atento ao ritmo da reunião e à reação dos condôminos.

Se a reunião estiver muito acelerada, pode ser útil fazer uma pausa mais longa para permitir que todos possam absorver as informações. Por outro lado, se a reunião estiver se arrastando, pode ser útil fazer uma pausa para reenergizar e motivar os participantes.

7 regras de ouros para se comunicar bem em reuniões de assembleia

Saiba quem é o seu público

É importante entender que cada público é único e tem diferentes necessidades, expectativas e níveis de conhecimento sobre o assunto em discussão.

Para melhorar a comunicação na reunião de assembleia, é fundamental que o síndico saiba com quem está falando.

Isso inclui identificar quem são os participantes da reunião, qual é o nível de conhecimento que eles têm sobre o assunto em discussão e quais são as suas principais preocupações e interesses.

Por exemplo, se o público é composto por moradores leigos no assunto, é importante explicar os conceitos de forma clara e simples, evitando jargões técnicos. 

Por outro lado, se o público é composto pelo conselho, é possível utilizar uma linguagem mais técnica e avançada.

Além disso, conhecer o público também permite que o síndico possa se preparar melhor para as possíveis perguntas e objeções que possam surgir durante a reunião.

Sabendo quais são as principais preocupações e interesses do público, é possível se antecipar e responder de forma mais eficaz.

Domine a sua apresentação

Dominar a sua apresentação inclui ter um bom conhecimento sobre o assunto em discussão, além de uma boa preparação e prática antes da reunião.

Nós já falamos sobre isso nos principais erros cometidos pelos síndicos.

Para melhorar a comunicação na reunião de assembleia, é fundamental que o síndico tenha total domínio da sua apresentação.

Isso envolve conhecer a:

  • estrutura da apresentação;
  • a introdução;
  • o desenvolvimento;
  • a conclusão;
  • e os principais pontos a serem discutidos.

Além disso, é importante praticar a apresentação antes da reunião.

Você pode, por exemplo, ensaiar em frente a um espelho ou com um colega, para se familiarizar com a apresentação e identificar possíveis pontos de melhoria, principalmente se estamos falando de uma eleição de síndico.

Também é importante que o síndico esteja preparado para lidar com perguntas e objeções que possam surgir.

Outro aspecto importante é o uso adequado dos recursos visuais, como slides ou gráficos.

É importante garantir que os recursos visuais estão alinhados com a mensagem que está sendo transmitida, além de serem claros e objetivos.

Por fim, é importante lembrar que dominar a sua apresentação, pois, ao se preparar e praticar adequadamente, o síndico consegue aumentar a sua confiança e credibilidade, transmitir a sua mensagem de forma clara e objetiva, e envolver efetivamente o público presente.

Seja bastante flexível

Você deve estar aberto para ouvir diferentes perspectivas e lidar com possíveis mudanças de rumo durante a discussão.

Outro aspecto importante da flexibilidade é saber lidar com as perguntas e objeções que possam surgir durante a reunião.

O síndico deve estar preparado para lidar com diferentes opiniões, e responder às perguntas de forma clara e objetiva, sem se prender a uma única posição.

Lembre-se que o papel é ser um mediador, garantindo o bem-estar geral da comunidade, nunca defendendo apenas a um lado de seu interesse.

Além disso, é importante lembrar que a flexibilidade também envolve o uso adequado da linguagem e a adaptação da comunicação para diferentes públicos. 

Por fim, ao ser flexível e adaptar a sua comunicação adequadamente, o síndico pode aumentar a sua capacidade de se comunicar de maneira clara, compreender as perspectivas dos moradores e chegar a decisões colaborativas e eficazes.

Invista na linguagem não verbal

A linguagem não verbal envolve o uso adequado de gestos, expressões faciais, postura e contato visual para transmitir a mensagem desejada de forma clara e objetiva.

Para melhorar a sua comunicação na reunião de assembleia, é fundamental que o síndico invista na sua linguagem não verbal.

Isso inclui:

  • ter uma postura ereta e confiante;
  • estar sempre com um sorriso amigável no rosto;
  • manter um comportamento aberto, acessível, sempre paciente;
  • realizar gestos adequados, como acenar com a cabeça para mostrar que está acompanhando a conversa ou gesticular para enfatizar um ponto.

Além disso, é importante lembrar que a linguagem não verbal pode transmitir emoções e atitudes, o que pode impactar a forma como a mensagem é recebida pelos moradores.

Imagine a seguinte situação:

O síndico precisa aprovar um orçamento importante para a realização de uma obra.

Ele chega na reunião cansado, estressado e com uma postura desleixada e irritada.

Ele está sem paciência, não consegue se comunicar com clareza e, no fim das contas, nenhum orçamento é aprovado.

Você consegue entender onde está o erro? O síndico deve estar sempre ciente da sua linguagem não verbal e se esforçar para transmitir uma imagem positiva e aberta.

Ao utilizar a linguagem não verbal de forma adequada, é possível engajar os demais participantes, transmitir uma imagem confiante e positiva e conseguir passar ainda mais transparência e credibilidade para as pessoas.

Saiba contar boas histórias

Além dos pontos anteriores, você também pode usar narrativas interessantes e envolventes para transmitir uma mensagem ou ideia para os condôminos.

Isso inclui a habilidade de estruturar a narrativa de forma adequada, introduzir personagens e situações relevantes e utilizar a emoção para engajar os demais participantes na discussão.

Além disso, é importante lembrar que contar boas histórias pode ajudar a tornar a mensagem mais memorável e impactante.

As pessoas tendem a se lembrar melhor de informações que são transmitidas por meio de histórias do que de informações apresentadas de forma mais abstrata.

Você pode fazer isso ao:

  • citar exemplos reais;
  • apresentar um “antes” e “depois” de algum feito, como obra, manutenção ou números de inadimplentes, por exemplo;
  • apresentar imagens, vídeos, gráficos ou outros aspectos visuais que ajudem a ilustrar o que está sendo dito.

Invista em autoconhecimento

Para melhorar a comunicação na reunião de assembleia, é fundamental investir em autoconhecimento.

Isso inclui a realização de exercícios de reflexão pessoal e auto análise para identificar as suas habilidades de comunicação e pontos de melhoria.

Também é importante investir em treinamentos e cursos que ajudem a desenvolver habilidades específicas de comunicação, como a habilidade de ouvir ativamente, expressar ideias de forma clara e objetiva e gerenciar conflitos de forma construtiva.

Além disso, é importante lembrar que o autoconhecimento é uma etapa essencial para o desenvolvimento da inteligência emocional, que é uma habilidade crucial para a comunicação eficaz.

A inteligência emocional envolve a capacidade de reconhecer e gerenciar emoções em si mesmo e nos outros, o que pode ajudar a melhorar a qualidade da comunicação na reunião de assembleia e saber lidar com situações mais delicadas.

Aposte na tecnologia e recursos visuais

A tecnologia oferece uma série de recursos que podem ajudar a tornar a comunicação mais clara e objetiva, além de facilitar a compreensão das informações apresentadas.

Uma das formas de utilizar a tecnologia é por meio da projeção de slides, incluindo gráficos, imagens e outros recursos visuais que ajudam a transmitir as ideias com mais facilidade.

Além disso, a projeção de slides também pode ajudar a manter a atenção dos condôminos e evitar que a reunião se torne monótona e cansativa.

Outra forma de utilizar a tecnologia é por meio das reuniões de assembleia virtual ou híbrida, que permite a participação de pessoas que não podem comparecer presencialmente à reunião, além de facilitar a interação entre os participantes, possibilitando a troca de ideias e informações em tempo real.

Esteja preparado para dúvidas e críticas

Para finalizar estas dicas, lembre-se que é natural que os participantes tenham dúvidas, questionamentos e até mesmo críticas em relação ao assunto em pauta.

Para estar preparado, é importante antecipar as possíveis dúvidas e críticas que podem surgir e elaborar respostas claras e objetivas para cada uma delas.

Além disso, é importante estar aberto ao diálogo e ao debate construtivo, sem se sentir pessoalmente atacado ou defensivo diante de críticas dos moradores.

É importante reconhecer que as críticas podem ser oportunidades de melhoria e que é possível aprender com elas.

E, por fim, é interessante estar preparado para apresentar evidências e informações que sustentem as decisões tomadas, para que os condôminos possam compreender as razões por trás das escolhas feitas.

Este artigo ajudou você a entender como melhorar a sua comunicação? Continue a melhorar a sua imagem, conferindo as nossas principais dicas sobre marketing pessoal no vídeo abaixo. Clique no play para conferir!

Relacionados

A verdade que ninguém nunca contou a você sobre a vida de síndico profissional

A vida de síndico profissional é um sonho de muitos para poucos. ...

Deveres do síndico: entenda quais são e o que não pode fazer

Para o perfeito funcionamento de todo condomínio é imprescindível a...

4 dicas para ter uma gestão profissionalizada no condomínio

Independente se o condomínio conta com um síndico morador ou um síndico...

7 erros que todo síndico já cometeu no início da carreira e como evitá-los

Ter sucesso na carreira não acontece da noite para o dia. A seguir, você...

Inquilino pode ser síndico? Saiba de uma vez por todas como isso funciona

➡ Não existe nenhum empecilho legal que proíba um inquilino de ser eleito...

De síndico morador a síndico profissional com 31 condomínios: conheça a trajetória do Fábio Becker

Será que fazer a gestão de um condomínio é como fazer a gestão de uma...

15 conselhos dos principais nomes do empreendedorismo para transformar a sua gestão condominial

Transformar a gestão condominial pode ser um desafio para muitos síndicos...

Quanto cobrar? Confira nossas dicas sobre precificação

Cobrar um preço justo não é somente bom para o síndico. Significa manter...

Como ser um síndico profissional de sucesso? 4 histórias inspiradoras

Você pode se tornar um síndico profissional de sucesso. Basta querer,...

Destituição de síndico: como fazer? Veja os caminhos legais

Infelizmente, nem sempre a gestão do síndico satisfaz todos os...

Síndico: como lidar com problemas de comportamento e resolver conflitos

Conflitos entre vizinhos, ou até entre condôminos e administração, são...

Má gestão do síndico: 5 principais erros e como resolvê-los

O que ocasiona a má gestão do síndico? A rotina de um síndico implica em...

Funções de uma administradora de condomínio: veja as principais atribuições

Administração condominial é um assunto que rende muitas dúvidas. Quais as...

Administração de condomínios: tudo o que você precisa saber!

Para gerir um condomínio, é necessário o auxílio de toda uma comunidade....

Dia do síndico: conheça a história por trás da data comemorativa

O Dia do Síndico é comemorado no dia 30 de novembro em todo o Brasil. ...

Essa simples ação fez esse síndico reduzir 75% dos gastos com taxas administrativas no condomínio

É possível proporcionar melhorias ao condomínio, sem precisar aumentar a...

Como conquistar o primeiro condomínio? Veja o que este síndico fez

Ingressar no mercado como síndico pode ser uma escolha empolgante e...

Guia completo da prospecção de condomínios: veja como fechar contratos como ninguém

A prospecção de condomínios é o processo de buscar clientes em potencial...

Como administrar um condomínio: GUIA COMPLETO

Saber como administrar um condomínio é primordial para ser um bom...

De síndico morador a síndico profissional com 31 condomínios: conheça a trajetória do Fábio Becker

Será que fazer a gestão de um condomínio é como fazer a gestão de uma...

Deveres do síndico: entenda quais são e o que não pode fazer

Para o perfeito funcionamento de todo condomínio é imprescindível a...

Profissão Síndico: como é a rotina do síndico profissional?

Já parou para pensar sobre como é a rotina de um síndico profissional? Se...

Síndicas falam sobre o seu espaço no mercado

Assim como nas demais profissões, as mulheres conseguiram conquistar seu...

A verdade que ninguém nunca contou a você sobre a vida de síndico profissional

A vida de síndico profissional é um sonho de muitos para poucos. ...

Você sabe o que o síndico não pode fazer? 9 práticas que são proibidas

Ser síndico do condomínio é uma tarefa séria. Afinal, é um cargo que...

Deveres do Síndico: Comunicação em Condomínio

Na gestão de condomínio, faz parte dos deveres do síndico promover a...

Serviços da administradora de condomínios: entenda as atribuições

É comum que muitos condomínios busquem o auxílio na hora de fazer a...

Gerencie o estresse e os conflitos com maestria: a importância da inteligência emocional para síndicos

A inteligência emocional pode ajudar um síndico a lidar com os conflitos...

Como se tornar um síndico de sucesso? Veja como este síndico saiu do zero aos 16 condomínios

É possível gerenciar 16 condomínios ao mesmo tempo?  E, somado a isso,...

Que tipo de síndico você é?

Veja em qual dos 7 perfis você se encaixa Amado ou odiado pelos...

Responsabilidade Síndico e Administradora: Entenda as Diferenças

O síndico é o principal responsável pelo condomínio e pelo o que acontece...

Que tipo de síndico você é?

Veja em qual dos 7 perfis você se encaixa Amado ou odiado pelos...

Profissão Síndico: como é a rotina do síndico profissional?

Já parou para pensar sobre como é a rotina de um síndico profissional? Se...

Destituição de síndico: como fazer? Veja os caminhos legais

Infelizmente, nem sempre a gestão do síndico satisfaz todos os...

O que o síndico precisa saber sobre elevadores?

Um caso recente de queda em Santos-SP trouxe novamente o elevador ao...

Liderança para síndicos: guia completo para se tornar um líder de sucesso

No vasto oceano da gestão condominial, a liderança do síndico emerge como...

Salário de síndico: como calcular? Lei, tributação e obrigações

➡ Não existe um piso estabelecido para o salário de sindico profissional....

Síndico profissional: o que é, como trabalha e quanto ganha?

Um síndico profissional é um gestor especializado que tem como objetivo...

Inquilino pode ser síndico? Saiba de uma vez por todas como isso funciona

➡ Não existe nenhum empecilho legal que proíba um inquilino de ser eleito...

Síndico: o que faz e o que não pode fazer? GUIA COMPLETO

Embora seja  um personagem extremamente valioso para a vida em um...

Responsabilidade Síndico e Administradora: Entenda as Diferenças

O síndico é o principal responsável pelo condomínio e pelo o que acontece...

Por que contratar síndico profissional para o seu condomínio

Todo condomínio precisa de um síndico. Isso você já sabe, certo? Mas o...

Gestão do síndico: Como fazer, Riscos, Prazo e Reeleição

Apesar de cada vez mais pessoas morarem em condomínios, ainda existem...

Cartaz de Dia do Trabalhador para Condomínio: Baixe o seu gratuitamente

O Dia do Trabalhador é uma data muito importante em todo o mundo, pois...

Serviços da administradora de condomínios: entenda as atribuições

É comum que muitos condomínios busquem o auxílio na hora de fazer a...

Síndicos compartilham suas experiências atendendo inquilinos

Quando se pensa em comunidade condominial, é comum lembrar apenas dos...

Salário de síndico: como calcular? Lei, tributação e obrigações

➡ Não existe um piso estabelecido para o salário de sindico profissional....

Má gestão do síndico: 5 principais erros e como resolvê-los

O que ocasiona a má gestão do síndico? A rotina de um síndico implica em...

Lei 14.010: reuniões virtuais de assembleia e extensão do mandato do síndico permitidos

Foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (12 de junho de 2020) a...

Como se tornar um síndico de sucesso? Veja como este síndico saiu do zero aos 16 condomínios

É possível gerenciar 16 condomínios ao mesmo tempo?  E, somado a isso,...

Síndicas falam sobre o seu espaço no mercado

Assim como nas demais profissões, as mulheres conseguiram conquistar seu...

Lei 14.010: reuniões virtuais de assembleia e extensão do mandato do síndico permitidos

Foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (12 de junho de 2020) a...

Essa simples ação fez esse síndico reduzir 75% dos gastos com taxas administrativas no condomínio

É possível proporcionar melhorias ao condomínio, sem precisar aumentar a...

Processo contra síndico: 4 principais ações de indenização

Por ser uma profissão que lida com muito dinheiro e bens privados, é...

Profissão Síndico: como é a rotina do síndico profissional?

Já parou para pensar sobre como é a rotina de um síndico profissional? Se...

Liderança para síndicos: guia completo para se tornar um líder de sucesso

No vasto oceano da gestão condominial, a liderança do síndico emerge como...

[Live] Como prospectar novos condomínios e se tornar um síndico de sucesso em 2023

No último dia 12 de janeiro de 2023, o síndico Bruno Ferreira...

A verdade que ninguém nunca contou a você sobre a vida de síndico profissional

A vida de síndico profissional é um sonho de muitos para poucos. ...

Como conquistar o primeiro condomínio? Veja o que este síndico fez

Ingressar no mercado como síndico pode ser uma escolha empolgante e...

Recomendados para Você

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *