Certificação para Síndico: vale a pena?

Não importa se você já atua como síndico, síndico morador ou se simplesmente está pensando em atuar na área condominial. Uma coisa é certa: somente profissionais capacitados irão prosperar. E, na carreira de síndico, isso não poderia ser diferente – e, por isso, existe a certificação para síndicos.

Neste artigo, você vai aprender sobre:

O que é a certificação para síndicos?
Vale a pena investir na certificação para síndico?
É obrigatório ter certificação para trabalhar como síndico?
Como escolher uma boa certificação para síndico?

 

O que é certificação para síndicos?

Em primeiro lugar, é importante explicar o que é certificação para síndicos. Certificação para síndico é uma forma de comprovar que determinado profissional passou por uma série de aulas e exames, e está apto para se tornar um gestor de sucesso.

Ter o status de síndico certificado é muito bem visto no mercado condominial, uma vez que a certificação indica que aquele síndico é capacitado. Questões como essa têm um grande peso na hora da contratação.

A maioria das certificações para síndicos disponíveis no mercado brasileiro incluem aulas, sejam elas online ou não, sobre questões relacionadas ao dia a dia da gestão condominial. Isso significa que a formação aborda temas como: atribuições do síndico, legislação, resolução de conflitos, contabilidade, finanças e noções básicas de administração. O conhecimento do síndico a respeito desses assuntos costuma ser comprovado em uma prova.

Por outro lado, algumas poucas certificações oferecem instruções na área de marketing para síndicos, assessoria para conquistar seu primeiro cliente, acesso facilitado à tecnologia de ponta que auxilia na gestão do condomínio, comunicação com os moradores, prestação de contas e previsões orçamentárias

 

Vale a pena investir na certificação para síndico?

Agora que você já sabe o que é uma certificação para síndico, chegou o momento de compreender se vale a pena ou não investir em uma. Mas, para poder responder essa pergunta, vou lhe mostrar alguns números:

Conforme dados divulgados pela ABRASSP (Associação Brasileira de Síndicos e Síndicos Profissionais): mais de 68 milhões de pessoas moram em condomínios no Brasil. Por sua vez, esses condomínios são geridos por mais de 421 mil síndicos, que movimentam cerca de R$ 165 bilhões anualmente.

Além disso, os síndicos profissionais representavam 5% do mercado brasileiro em 2015. Apenas três anos depois, em 2018, esse número havia crescido para 28%. Ou seja, em pouquíssimos anos, o mercado de síndicos profissionais no país teve um aumento de 500%.

Conforme os anos vão passando e os condomínios se tornam cada vez mais inovadores e tecnológicos, é imprescindível que os síndicos estejam atualizados nas melhores soluções e ferramentas na área de gestão condominial.

Ainda, em um mercado tão competitivo como esse, como você vai garantir aos seus clientes de que está qualificado como síndico para ser eleito em assembleia? Como você vai garantir que os condôminos percebam a sua qualificação e expertise?

Pensando dessa forma, fica claro de que realmente vale a pena investir em um processo de certificação para síndicos, não é mesmo?

Leia mais:

 

É obrigatório ter certificação para trabalhar como síndico?

Não, não é obrigatório possuir uma certificação para atuar como síndico. O Art. 1347 do Código Civil determina que qualquer pessoa pode exercer a função, tanto alguém contratado para isso, quanto um morador. Portanto, qualquer pessoa interessada em atuar como síndico pode fazer a certificação.

No entanto, quanto mais capacitado for o indivíduo, melhor é a gestão do condomínio em questão. Logo, se os condôminos querem segurança, saúde financeira, valorização do patrimônio, além de evitar ações judiciais, é melhor optar por um síndico certificado.

 

Como escolher uma boa certificação para síndico?

Como comentei logo acima, existem várias opções de certificações para síndico no mercado. Portanto, é muito importante pesquisar tendo em mente o que você quer para a sua carreira, quais são os seus objetivos.

No caso da Ezequiela Lunkes, síndica profissional que atua no município de Marau (RS), o objetivo principal era fazer uma mudança na área de atuação profissional. Assim, uma boa certificação para a situação da Ezequiela era aquela que oferecia todo o suporte necessário para que ela pudesse promover essa transição com segurança.

Em meio a um mar de opções, a gaúcha optou pela TownSq, empresa especializada em soluções para vida em comunidade. “Estou muito feliz pela conclusão do curso e por ter escolhido a TownSq para esta Certificação de Síndicos Profissionais. Estou muito satisfeita, tanto com o curso, que achei excelente, quanto com o apoio e o auxílio a cada passo”, resumiu a síndica.

Esse auxílio a qual Ezequiela se refere é o Acompanhamento de Sucesso, orientação exclusiva feita pela equipe da TownSq para garantir que o síndico atinja seus objetivos profissionais: ser eleito em uma assembleia, adquirir o primeiro cliente, entre outros.

Ao contrário da situação da Ezequiela, existem outros que buscam a certificação como uma forma de se profissionalizar e também empreender. Esse é o caso do Jorge Wait, síndico profissional também certificado pela TownSq, que resolveu abrir uma empresa de síndicos ao perceber que havia uma grande oportunidade na área.

Ao realizar sua pesquisa por cursos e qualificações, Jorge optou por contratar os serviços da TownSq. Hoje, o profissional conta com uma carteira com mais de 20 condomínios e é tido como referência na capital gaúcha.

Pronto! Agora que você já sabe praticamente tudo sobre certificação para síndicos, pode começar sua trajetória na carreira. Desejamos sucesso para você!

Certificação Síndico TownSq

Scroll Up