Manutenção preventiva em condomínios: a chave para evitar prejuízos 

por | jun 6, 2024 | Gestão Condominial

Cuidar de um condomínio é uma tarefa trabalhosa, pois envolve responsabilidade com o patrimônio e com a vida dos condôminos. E para evitar prejuízos materiais e contra a vida das pessoas, realizar a manutenção preventiva em condomínios é fundamental, sendo de total responsabilidade do síndico.  

Neste artigo, você vai entender quais os tipos de manutenções a serem realizadas no condomínio, por que realizar a manutenção preventiva e em quais áreas dentro do empreendimento deve ter atenção especial quanto à manutenção. Acompanhe a leitura! 

Quais os tipos de manutenção que podem ser feitas em um condomínio? 

O condomínio, seja ele residencial ou comercial, precisa de manutenção constante devido à grande circulação de pessoas, instalações específicas ou até mesmo devido ao tempo em que foi construído. É de total responsabilidade do síndico prestar atenção em cada parte do condomínio sujeita a sofrer danos, para que prejuízos sejam evitados. 

Quando se trata de manutenção condominial, existem três tipos: a manutenção corretiva, a manutenção preditiva e a manutenção preventiva. A manutenção corretiva tem por objetivo reparar problemas que já surgiram, como vazamentos hidráulicos ou na estrutura, reparo de rachaduras em paredes ou pisos, substituição de peças em elevadores, sistemas elétricos ou motor de portão eletrônico.  

A manutenção preditiva é mais avançada e utiliza monitoramento e análise de dados para prever falhas antes que elas aconteçam. Esse tipo de manutenção envolve sensores, equipamentos, sistemas e monitoramento para detectar anomalias e análise de dados para identificar padrões e prever problemas potenciais. 

Por fim, a manutenção preventiva, que é o foco desse artigo, é crucial para evitar problemas futuros e manter o bom funcionamento do condomínio. Ela envolve ações como inspeções periódicas e verificação de equipamentos, estrutura e instalações para identificar potenciais problemas. 

Envolve também a limpeza e higienização de caixas d’água, sistemas de ventilação e áreas comuns, e serviços como pintura, impermeabilização, revisão de elevadores e demais equipamentos.  

LEIA MAIS: Manutenção corretiva em condomínios: descubra estratégias cruciais 

Quais as vantagens e a importância da manutenção preventiva em condomínios? 

Aquele ditado famoso que diz “melhor prevenir do que remediar” nunca teve tanto sentido quanto com relação à administração condominial. A manutenção preventiva em condomínios possui inúmeras vantagens, além de evitar grandes prejuízos patrimoniais e evitar riscos à vida das pessoas. 

Um dos benefícios da manutenção preventiva em condomínios é a prevenção de falhas, que permite a redução do risco de problemas maiores e acidentes. 

Ter um plano de manutenção preventiva permite mais vida útil para os equipamentos, prolongando a utilidade de elevadores, bombas, sistemas elétricos, motores de portões, caixa d’água, para-raios e outros equipamentos. 

Outro fator que é beneficiado pela manutenção preventiva é a economia a longo prazo, já que os custos de prevenção são menores do que com reparos corretivos e emergências. 

Manter o condomínio com as manutenções em dia também proporciona segurança e conforto, dispondo de ambientes mais seguros e agradáveis para os condôminos, além da valorização do imóvel, já que um condomínio bem cuidado tem maior valor de mercado. 

Exemplos e periodicidade de realização da manutenção preventiva nos condomínios 

manutenção preventiva em condomínios é crucial para garantir a segurança, o conforto e a economia dos moradores. Ela deve ser realizada de forma programada e periódica, seguindo as normas técnicas e as recomendações dos fabricantes dos equipamentos. 

A frequência das manutenções deve seguir as exigências específicas de cada equipamento, principalmente quando descrito em leis ou normas, como nos exemplos a seguir:  

  • Elevadores: inspeção mensal e vistoria anual obrigatórias pelo Corpo de Bombeiros. Neste caso, os itens a serem inspecionados incluem lubrificação, regulagem das portas, verificação dos freios e outros componentes, além da avaliação completa do funcionamento e segurança do elevador. 
  • Portões automáticos: inspeção semestral obrigatória envolvendo a verificação do funcionamento dos motores, sensores, travas e outros componentes. Envolve também a verificação da lubrificação, ajustes e reparos menores. 
  • Sistema de combate a incêndio: inspeção anual obrigatória e avaliação completa do sistema, incluindo bombas, sprinklers, alarmes e extintores. Deve ser inspecionado também os equipamentos, recarga dos extintores e limpeza das tubulações. 

Quanto a itens sem prazos específicos, a frequência das manutenções varia de acordo com o tipo de item, o seu estado de conservação e as condições de uso. Abaixo, seguem alguns exemplos de periodicidade de acordo com o tipo de instalação ou equipamento: 

  • Instalações elétricas: inspeção a cada 1 ou 2 anos das fiações, tomadas, interruptores, quadros de luz e outros componentes. Já os reparos em fiações danificadas, troca de lâmpadas queimadas e limpeza dos quadros de luz devem ser feitos regularmente. 
  • Impermeabilização: revisão a cada 5 anos, em média, de itens como calhas, telhados, lajes e outros pontos de possíveis infiltrações. 
  • Pintura: repintura a cada 3 a 5 anos, em média, das fachadas, áreas comuns e garagens. Deve ser realizada a raspagem de tinta velha, aplicação de fundo e pintura com tinta de qualidade. 
  • Áreas comuns: inspeções frequentes para identificar rachaduras, infiltrações e outros problemas, com reparos imediatos dos problemas encontrados. 
  • Piscinas: a manutenção preventiva das piscinas envolve a análise da qualidade da água diariamente, com a verificação do pH, cloro e outros parâmetros químicos. Envolve também a limpeza da piscina e dos filtros regularmente e a manutenção preventiva dos equipamentos da piscina, como bombas e filtros.  

Como realizar a manutenção preventiva em condomínios? 

Para realizar a manutenção preventiva em condomínios, é preciso que o síndico faça um plano detalhado, contendo todos os equipamentos e locais que precisam da manutenção, quais as ações a serem tomadas, fornecedores, entre outros detalhes. 

No caso de condomínios mais recentes, as construtoras são obrigadas a fornecerem o manual de uso, operação e manutenção, que é um documento onde a construtora responsável pelo desenvolvimento do empreendimento informa ao cliente ou o síndico de como utilizar e manter o imóvel. 

Esse manual tornou-se uma obrigatoriedade e a Norma 5674 estabelece como deve ser feito esse manual; ou seja, as informações devem ser prestadas de forma clara e didática, constando todos os materiais e sistemas que foram utilizados na obra, para que o condomínio ou o proprietário do imóvel consigo usar e realizar as manutenções de forma correta. 

Veja como montar um plano de ação de manutenção preventiva: 

Avaliação Profissional 

Contrate um engenheiro ou arquiteto para realizar uma avaliação completa do condomínio. 

Essa avaliação deve ser em equipamentos, como elevadores, portões e/ou portas eletrônicas, para-raios, e em instalações, como na estrutura, caixa d’água, sistema de gás, água e eletricidade, paredes, vigas, piscinas e demais estruturas.  

É importante que os profissionais que forem fazer a avaliação possuam registro profissional e experiência neste tipo de avaliação, para que não haja negligência e/ou falhas na vistoria. Lembre-se: é o patrimônio e vidas que estão em jogo, então todo cuidado é fundamental. 

Plano Detalhado 

Após a avaliação profissional, deve ser elaborado um plano com base na avaliação, incluindo os itens a serem inspecionados ou reparados, periodicidade das manutenções e a estimativa de custos. 

LEIA MAIS: Manutenção do condomínio: 7 coisas que você não pode esquecer 

Orçamento Anual 

O síndico deve reservar uma verba no orçamento anual para cobrir as despesas com manutenção. Essa verba deve constar na previsão orçamentária e ser esclarecida para os condôminos. 

Comunicação transparente 

O síndico deve manter os condôminos informados sobre as ações de manutenção preventiva, custos e benefícios. A sugestão é ter disponível um calendário com as manutenções preventivas a serem realizadas, para que os condôminos fiquem cientes dessas ações e se sintam seguros ao saberem que a administração do condomínio se procura em manter o empreendimento em ordem.  

Dicas adicionais para a realização da manutenção preventiva 

Além de todos os passos citados nesse artigo, a manutenção preventiva possui pontos adicionais para que essa ação seja realizada com sucesso. 

Um desses pontos é a utilização de um software de gestão, que facilita o controle, acompanhamento e histórico das manutenções, bem como mantém os condôminos informados sobre as manutenções a serem realizadas. 

Contar com profissionais qualificados é outro ponto importante quando se trata de manutenção preventiva. O síndico deve contratar empresas e profissionais experientes e certificados, para garantir a excelência nos serviços prestados.  

Complementando o ponto anterior, é importante realizar licitações para obter orçamentos de diferentes empresas e fazer uma análise criteriosa, para garantir os melhores preços sem perder a qualidade dos serviços prestados.  

Por fim, o condomínio deve criar uma cultura de prevenção, para conscientizar os condôminos sobre a importância da manutenção preventiva. 

 

Gostou de saber a importância da manutenção preventiva em condomínios? Então que tal aprender sobre a manutenção em edifícios antigos? As especialistas Dênia Correa e Débora Vignali fizeram uma live sobre os cuidados que o síndico deve ter com esses tipos de edificações. Acesse aqui o nosso canal no YouTube e assista na íntegra! 

Relacionados

Agressão física dentro do condomínio: como o síndico deve agir nesses casos?

Casos de agressão física dentro do condomínio, infelizmente, têm se...

Como fazer alteração de convenção de condomínio? Veja o passo a passo

A Convenção do Condomínio é um conjunto de regras, normas e diretrizes...

10 modelos gratuitos de mensagens para moradores de condomínio

A comunicação é uma etapa importante na rotina do síndico, pois permite...

Guia completo dos documentos do condomínio: como organizar e por quanto tempo guardar

Para realizar uma boa gestão condominial, o síndico precisa se atentar a...

Reunião de condomínio: como ter uma experiência tranquila e pacífica?

A reunião do condomínio é um dos momentos mais importantes do trabalho de...

Como administrar um condomínio de pequeno porte de maneira eficaz

A administração condominial precisa entender todas as necessidades do...

Baixe este modelo de procuração e use na próxima assembleia do seu condomínio

Participar das assembleias de condomínio é essencial para colaborar com a...

Horas extras do condomínio: veja como calcular neste guia completo

Veja neste texto como calcular as horas extras do condomínio. Continue...

6 planilhas gratuitas e essenciais para otimizar o trabalho do síndico

Procurando planilhas para condomínio? Veja aqui uma lista com 6 das...

Como abrir CNPJ para condomínio: Veja o passo a passo

Procurando como abrir CNPJ para condomínio? Neste artigo, você encontrará...

Vaga de garagem em condomínio: GUIA COMPLETO

Vaga de garagem em condomínio: um dos espaços mais ocupados pelos...

Como fazer alteração de convenção de condomínio? Veja o passo a passo

A Convenção do Condomínio é um conjunto de regras, normas e diretrizes...

ERP financeiro: veja os benefícios dessa tecnologia no seu condomínio

Você sabe o que é um ERP financeiro? Um ERP é uma plataforma que auxilia...

Contas a receber do condomínio: conheça estratégias certeiras

Quando estamos em um contexto empresarial, o setor de contas a receber...

Como trocar de administradora de condomínio? Veja aqui quais são as melhores práticas

A administradora é uma empresa prestadora de serviços contratada pelo...

Plano de ação para condomínios: como fazer?

Assim como empresas, condomínios precisam de objetivos e metas muito bem...

Horas extras do condomínio: veja como calcular neste guia completo

Veja neste texto como calcular as horas extras do condomínio. Continue...

Saiba o que acontece se o condomínio falir

Será que um condomínio pode vir à falência? Apesar de não possuir...

Como realizar cotações para condomínio?

Administrar um condomínio não é tarefa fácil. É preciso mediar conflitos...

10 dicas infalíveis para limpeza em condomínio

A limpeza em condomínio é uma das questões mais importantes no dia a dia...

Compliance no condomínio: por que é importante e como implementar na sua comunidade?

Provavelmente você já ouviu falar do termo "compliance", certo? Mas você...

6 planilhas gratuitas e essenciais para otimizar o trabalho do síndico

Procurando planilhas para condomínio? Veja aqui uma lista com 6 das...

Saiba o que acontece se o condomínio falir

Será que um condomínio pode vir à falência? Apesar de não possuir...

Guia completo dos documentos do condomínio: como organizar e por quanto tempo guardar

Para realizar uma boa gestão condominial, o síndico precisa se atentar a...

Como fazer alteração de convenção de condomínio? Veja o passo a passo

A Convenção do Condomínio é um conjunto de regras, normas e diretrizes...

5 responsabilidades que você não sabia que o síndico possui

O papel do síndico vai muito além do que imaginamos. Por isso, muitas...

O que saber antes de morar em condomínio? Veja aqui

Se tem uma coisa que passa pela cabeça de muitas pessoas que vão comprar...

Saiba como organizar reservas da academia do condomínio na pandemia

A academia no condomínio é um espaço bastante frequentado pelas pessoas...

De quem é a responsabilidade por furtos e roubos acontecidos dentro do condomínio?

Para que roubo dentro de condomínio não seja um problema, é fundamental...

Quem pode votar em assembleia de condomínio?

As reuniões de assembleia são parte fundamental dentro do contexto...

Como construir um time de alta performance na sua administradora de condomínios

Construir um time de alta performance é essencial para o sucesso de...

Como trocar de administradora de condomínio? Veja aqui quais são as melhores práticas

A administradora é uma empresa prestadora de serviços contratada pelo...

Comunicação não violenta: o que é e como praticar no seu condomínio?

Nosso condomínio é um espaço de convivência com diversas pessoas e se...

Comunicado aos condôminos: como fazer? 10 tipos comuns

Você já parou para pensar na sua comunicação como síndico? Será que ela...

Assembleia Geral Ordinária: o que é, como funciona e como convocar

A Assembleia Geral Ordinária é um dos principais eventos da gestão...

Reunião de condomínio: como ter uma experiência tranquila e pacífica?

A reunião do condomínio é um dos momentos mais importantes do trabalho de...

Portaria virtual para condomínios: como funciona e quais as vantagens

A preocupação com a violência aumentou e é cada vez maior a necessidade...

Portaria remota: o que é e como funciona? Veja as vantagens

A portaria remota funciona, literalmente, à distância e proporciona maior...

10 modelos gratuitos de mensagens para moradores de condomínio

A comunicação é uma etapa importante na rotina do síndico, pois permite...

Planilha de Controle de Condomínio: Guia Completo

Ser síndico não é uma tarefa simples. São diversas atividades referentes...

Compliance no condomínio: por que é importante e como implementar na sua comunidade?

Provavelmente você já ouviu falar do termo "compliance", certo? Mas você...

Deixe a bagunça de lado: tenha uma gestão de condomínio organizada e livre de estresse com essas dicas práticas

A gestão condominial pode se tornar uma bagunça se não houver eficiência....

Como trocar de administradora de condomínio? Veja aqui quais são as melhores práticas

A administradora é uma empresa prestadora de serviços contratada pelo...

Como construir um time de alta performance na sua administradora de condomínios

Construir um time de alta performance é essencial para o sucesso de...

Guia completo dos documentos do condomínio: como organizar e por quanto tempo guardar

Para realizar uma boa gestão condominial, o síndico precisa se atentar a...

Reunião de condomínio: como ter uma experiência tranquila e pacífica?

A reunião do condomínio é um dos momentos mais importantes do trabalho de...

eSocial no condomínio: Saiba tudo sobre esta obrigação legal neste guia completo

Você está familiarizado com o eSocial no condomínio?  Se ainda tem...

Como fazer o cadastro de prestadores de serviços em condomínios

Todos os dias, dezenas de pessoas passam pela portaria do condomínio....

Impugnação de assembleia de condomínio: como evitar?

Impugnação de assembleia em condomínio é um mal que assombra muitos...

Compliance no condomínio: por que é importante e como implementar na sua comunidade?

Provavelmente você já ouviu falar do termo "compliance", certo? Mas você...

Gerenciamento de crise para condomínios: o que o síndico deve fazer?

Ser o gestor de um condomínio é uma tarefa desafiadora que exige...

Reunião virtual de assembleia: como proceder?

Em meio a todas as mudanças que atingem o condomínio nesse período de...

Sorteio de vagas de garagem em condomínio: passo a passo de como fazer

Nem todos os condomínios contam com lugares demarcados no estacionamento....

Veja se você faz assembleia virtual do condomínio da forma correta

Além de alterar a rotina da comunidade e a logística de higienização, há...

Planilha de limpeza de condomínio: acesse e baixe grátis

Sujeira, poeira, mal cheiro e até mesmo infestação de insetos. Uma má...

Horas extras do condomínio: veja como calcular neste guia completo

Veja neste texto como calcular as horas extras do condomínio. Continue...

Especialmente serparados para você

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *