Controle de visitantes na portaria de condomínio: como garantir a segurança no condomínio?

Já deu bom dia ao seu porteiro hoje? Se você sai de casa todos os dias, a resposta para essa pergunta provavelmente é sim. A portaria de condomínio é um ponto estratégico por onde todos passam. Por isso, é muito importante entender como garantir o controle de entrada e saída de pessoas através do local.

Imagine a rotina de uma entrada de condomínio. Pessoas passam, encomendas e correspondências chegam, visitantes querem acesso a um determinado apartamento, carros entram e saem da garagem. Parece bem agitado, não é mesmo? Por isso, organização é parte fundamental tanto para os porteiros, quanto para moradores e síndicos.

Pensando na harmonia do seu condomínio, separamos algumas dicas e pontos que são importantes para que você fique atento. Confira:

Portaria de condomínio: segurança em primeiro lugar

É cada vez mais necessário aprimorar a segurança das portarias, buscando garantir que o condomínio corra menos risco de assaltos ou roubos. Dessa forma, é essencial contar com um porteiro preparado e que siga uma conduta alerta e preventiva quanto às pessoas que entram e saem do local.

As entradas e saídas do condomínio são considerados pontos críticos. Por isso, o controle de visitas deve ser sempre rigoroso, especialmente em condomínios de grande porte, onde naturalmente já existe um alto número de pessoas circulando.

Assim, deve ser desenvolvido um processo de monitoramento das pessoas externas que chegam na portaria de condomínio. O ideal é que cada pessoa externa passe por um processo para terem a sua entrada autorizada.

Passo a passo para o controle de visitantes com segurança

Identificação

O primeiro passo é fazer a identificação da pessoa que quer entrar no condomínio. Neste momento, o contato deve ser feito sem que o indivíduo tenha acesso ao porteiro. O preferencial é que seja utilizado algum tipo de comunicação eletrônica, como interfonar para portaria.

Através do interfone, a pessoa deve anunciar o nome, objetivo da visita e qual a unidade que pretende ir. Se possível, também é interessante conferir o nome da pessoa com quem o indivíduo tem contato.

Confirmação

Em seguida, o porteiro deve interfonar para a unidade em questão e perguntar se o morador está esperando alguém. Então, deve-se explicar que um indivíduo está solicitando entrada na portaria do condomínio e citar as informações passadas pela pessoa. Caso o condomínio utilize um sistema de software de gestão de condomínio, como o TownSq, é possível confirmar a autorização da entrada do visitante de forma online.

Entrada/Negação

Somente após a confirmação, deve ser permitida a entrada pela portaria do condomínio. Se a entrada não for permitida pelo morador, o porteiro não deve abrir exceções.

Nessas situações, o funcionário pode recomendar que o indivíduo entre em contato com o morador por conta própria.

Registro

Para que haja um controle sobre a portaria, é recomendável que sejam registradas as informações de todas as pessoas externas que entrarem no condomínio. Dados como nome, apartamento visitado, horário de entrada e saída precisam ser anotados e mantidos em uma planilha de controle de acesso de visitantes.

Disponibilizamos um Modelo de Controle de Visitantes para download gratuito que pode ser utilizado pela portaria do condomínio que você gerencia.

Baixe agora o Modelo de Controle de Visitantes, totalmente gratuito!

Scroll Up